• O que é a Campanha #MeuVotoSeráFeminista?

    A Campanha Meu Voto Será Feminista é uma ação organizada pela PartidA, coletiva suprapartidária e orientada à esquerda, que busca ocupar a política com, para e por mulheres feministas que pensam um projeto de democracia enfrentamento com justiça social, diálogo e inegociável a todas as formas de desigualdade e opressão. A Campanha nasce como resposta a um cenário histórico de baixa representação política: o Brasil ocupa 152º lugar na paridade entre homens e mulheres na política. É o pior resultado entre os países da América Latina.

     

    A violência cotidiana e ausência de direitos reais e simbólicos para as mulheres, especialmente para as negras, periféricas, indígenas, LBT, é fruto dessa nossa ausência nas câmaras estaduais e federais, no senado, nas prefeituras e nos governos estaduais e na presidência. A Campanha surge, então, para nos lembrar que temos o poder de eleger mais mulheres feministas, do campo da esquerda, e que efetivamente lutam pelas nossas pautas, impedindo que apenas homens brancos, que representam uma absoluta minoria de privilegiados, continuem decidindo sobre nossas vidas e corpos.

     

    A proposta é que as mulheres estejam nos lugares onde está o poder de decisão e participem efetivamente da construção de políticas públicas que promovam uma sociedade mais justa e igualitária, onde a vida de toda mulher e seus direitos sejam coletivamente respeitados e valorizados.

     

    Queremos que a nossa pauta esteja garantida nas plataformas eleitorais e nas reivindicações por mudanças profundas. Queremos ocupar nosso espaço, nas ruas, nos muros, nos parlamentos e nos mandatos executivos.

     

    Chegou a hora de nós assumirmos lugares de destaque, de poder. Mulheres feministas, que estão disponibilizando seus corpos e vidas para um projeto maior, de retomada da democracia pelo feminismo.

     

    Em todos os possíveis cenários, de disputa pela ocupação da política institucional ou de resistência aos retrocessos autoritários e à militarização de nossas vidas e corpos, precisamos nos fazer presente e fortalecidas entre nós.

     

    Juntas somos uma força. Como força, estamos em luta.

  • Colabore com a campanha!

    Multiplique a Campanha realizando uma de nossas missões

    Se torne uma AliadA e ajude a construir junto essa campanha!

    Divulgue para todo mundo, pessoalmente, virtualmente, como for. Marque pessoas que você quer que conheça a nossa campanha.

    Mande ideias e sugestões e proponha alguma outra forma de se juntar

  • Perguntas frequentes

    1. O que é a Campanha Meu Voto Será Feminista?

    É uma campanha promovida pela PartidA, com o objetivo impulsionar uma maior participação das mulheres feministas na política. É uma ação de engajamento e ocupação da política por, para e com mulheres feministas, com projetos políticos que representem a defesa das pautas valorização dos direitos das mulheres e combate ostensivo ao racismo, à violência de gênero e às opressão de classe, de consumo. Queremos que as mulheres representem as nossas pautas nos espaços de poder, cargos/mandatos eletivos, nos Poderes Legislativo ou Executivo, nas esferas federal, estadual ou municipal.

    2. Qual o objetivo real?

    É ampliar o horizonte de representação das mulheres feministas e orientadas à esquerda nos espaços de poder. Criar uma onda de engajamento, gerando a consciência tanto do poder do voto representativo em mulheres quanto da importância da candidatura de mulheres, tornando possível a chegada ao poder, o que significa participar efetivamente da definição das políticas públicas, legislações e tudo o que diz respeito à vida das mulheres e da sociedade de maneira geral. Queremos mudar a forma de pensar a política e de agir nela tendo o feminismo como princípio-fonte da nossa prática.

    3. O que é um voto feminista?

    É um voto prioritário em mulheres que possam representar a luta pelas pautas que intervenham nas desigualdades de gênero, raça e classe social. Sempre entendendo que os direitos da mulheres sobre seus corpos, suas vidas e em busca de uma existência sem medo e opressão são pautas prioritárias.

    4. Quanto tempo vai durar a campanha?

    A campanha está montada para o ano de 2018, mas continuará como campanha permanente, considerando que a luta pela representação política das mulheres continuará sendo necessária. Neste ano de 2018, a campanha irá levantar o debate político e de engajamento tanto em candidaturas feministas, quanto na conscientização sobre a importância de votar em mulheres que representem as pautas da esquerda e do feminismo. Saiba mais aqui.

    5. O voto feminista é em qualquer mulher?

    Não. O voto feminista não é representado pelo simples fato de ser o voto numa mulher. Os feminismos têm pautas que contemplam grupos diversos de mulheres, buscando coletivamente equidade através do entendimento de um sistema de opressão e exploração que opera contra todas, todes e todos.

    6. Votar em mulheres trans é também um voto feminista?

    Sim, desde que essa mulher trans seja feminista. Ela pode ser uma trans mulher e não necessariamente representar as pautas feministas e por justiça social. As pessoas trans, no entanto, sofrem camadas ainda mais violentas as da opressão de gênero, estando ainda mais vulneráveis devido à estrutura social estereotipada, preconceituosa e LGBTfóbica em que vivemos. Por isso, as pessoas trans constroem coletivamente conosco,, compondo o embasamento ideológico dessa campanha.

    7. Existe o voto feminista em homem?

    A gente entende o feminismo como um conjunto de práticas capaz de orientar o funcionamento de toda a sociedade a partir da justiça entre gêneros, raças, etnias, crenças, orientação afetiva-sexual, nacionalidades, e identidade de gêneros. Um homem não pode ser feminista, mas ele pode ser sensível às lutas feministas e contemplá-las em seus programas de governo e em seus mandatos. Com isso, se tornar um aliado da luta. Nossa prioridade é estimular o voto em mulheres feministas, mas sabemos, por toda conjuntura e história, que enquanto não alcançamos essa igualdade, podemos contar com alguns mandatos de homens que são aliados da causa feminista e que possui compromissos alinhados às nossas PrincípiAs.

    8. Essa é uma campanha do campo ideológico da esquerda?

    Sim, necessariamente. Porque entendemos que as pautas feministas, que incluem o enfrentamento radical a todas as formas de desigualdade e opressão contra as mulheres e todas as minorias políticas, só podem avançar se for levantada por pessoas do campo progressista. Com o apoio a candidaturas de mulheres do campo de esquerda e com histórico de defesa de direitos sociais queremos a melhoria na qualidade da representação política e a transformação na forma de fazer política. A ideologia conservadora, de direita, objetiva uma sociedade pautada pelo capitalismo e pelo estado mínimo, lugares incompatíveis com a busca pela igualdade e justiça social que o feminismo concebe. O capitalismo existe a partir da opressão e da exploração das pessoas, especialmente a partir de sua cor, raça, credo, idade, lugar de moradia. Márcia Tiburi fala um pouco sobre isso nesse vídeo.

    9. Ouvi dizer que mulheres de partidos de direita fazem parte da campanha, é verdade?

    Não. Partidos de Direita têm projetos políticos incompatíveis com o feminismo em que acreditamos. Seja na produção da Campanha Meu Voto Será Feminista, seja na composição da PartidA, há mulheres que, claro, possuem suas divergências em temas diversos, mas entendem a justiça social e o combate às desigualdades, explorações e opressões de classe, raça e gênero como pontos basilares de luta. As mulheres da PartidA são signatárias das PrincípiAs, que norteiam as ações e o campo de visão do grupo. Quer conhecer as linhas que nos guiam? Veja aqui.

     

    10. Como eu posso contribuir com a Campanha?

    De diversas formas:

    1. Levantando o debate sobre a importância do voto em mulheres como forma de transformar a realidade social. Quanto mais mulheres feministas estiverem no congresso ou no poder executivo (e em qualquer lugar) lutando pelas pautas das mulheres, prioritariamente as das negras, periféricas, trabalhadoras e por todas as submetidas a opressão e exploração, mais políticas públicas e legislações serão criadas em nosso favor. É preciso debater com as pessoas que conhecemos sobre a importância do VOTO como um fundamental instrumento de mudança, embora saibamos que não seja o único. Estar nas ruas é importante. Por isso, nossa campanha tem estratégias de rua e de rede. 
    2. Compartilhando as ações da Campanha Meu Voto Será Feminista e divulgando esse projeto, marcando nas redes sociais pessoas que você quer que conheçam o projeto. 
    3. Participando das ações de rua que acontecerão até o dia das Eleições 2018. São atividades diversas de corpo a corpo, debates nas comunidades e muitas outras. A lista de ações está disponível aqui.
    4. Contribuindo com o nosso financiamento coletivo, que nos permitirá avançar com o debate da Campanha em todo o Brasil e, num terceiro momento, apoiar as candidatas feministas alinhadas com as PrincípiAs da Partida e com as pautas da campanha. O site do financiamento é https://benfeitoria.com/votofeminista.
    5. Convocando sua rede de amigas e amigos para contribuir com a campanha. O engajamento em rede é muito importante para que a Campanha ganhe visibilidade e que possa transformar a cultura do voto em mulheres, por mulheres.

    11. Homens podem participar da campanha?

    Sim. A campanha não é uma luta contra os homens e sim contra o modelo de política que é dominado pelos homens e por uma lógica violentamente opressiva, excludente, corrupta e antiética. Homens que também estão insatisfeitos com o sistema político partidário ou que se alinhem com as pautas feministas podem sim participar da campanha, divulgando nossas ações, dando apoio físico operacional ou contribuindo com nosso financiamento coletivo. Todos, no entanto, devem entender que o protagonismo da campanha é das mulheres.

    12. Posso participar das ações de rua e não contribuir financeiramente?

    Sim! Tão importante quanto a contribuição financeira, que viabiliza diversas atividades, é a participação nas ações de rua, nos debates. Nossas redes sociais são o canal para as chamadas de planejamento e de ação nas redes e nas ruas. É muito importante a sua participação nesse corpo a corpo, com sua energia, suas ideias e capacidade de diálogo ao lado das pessoas concretas, o que costuma resultar em excelentes frutos. Contamos com você!

    13. Há uma lista de mulheres candidatas?

    Não há, ainda. A campanha tem como foco a transformação da cultura de participação política das mulheres, buscando um engajamento e um fortalecimento das redes de apoio, auto-estima, formação. Queremos que as mulheres discutam política e se sintam encorajadas a participar dos processos político-partidários, tanto no debate de ideias, ou planejamento, quanto à frente do sistema, como candidata a um cargo no executivo ou legislativo (ou qualquer outro). Depois do debate levantado, a Campanha Meu Voto Será Feminista entra num novo momento, em que começará a apoiar candidatas que se alinhem às princípiAs e às causas feministas. Num terceiro momento haverá sim uma lista de mulheres candidatas apoiadas pela PartidA, por meio da campanha, mas isso acontecerá no período legal estipulado pela Lei Eleitoral, ou seja, a partir de 16 de agosto. Importante dizer que a maioria das candidatas apoiadas estarão participando dos momentos anteriores da Campanha, engajadas na luta por uma mudança na cultura sobre como se faz política no Brasil.

    14. Sou candidata, como posso participar da campanha?

    Te parabenizamos pela pré-candidatura! Sabemos de todas as dificuldades para uma mulher colocar seu corpo, mente e coração disponíveis para uma luta coletiva, mas que é travada com muita dureza no plano pessoal. Te queremos por perto e você pode participar se engajando nas ações de redes e principalmente nas atividades de rua, no corpo a copo. Assim, conseguiremos compor uma parceria verdadeira, que estará alinhada com as PrincípiAs da PartidA e a defesa pública das pautas feministas e da justiça social quanto conceitual no projeto de campanha eleitoral que a candidata estará desenhando. Se a parceria se consolidar bem para ambas as partes, a Campanha Meu Voto Será Feminista apoiará a sua candidatura e seguiremos juntas nessa transformação de modelo de democracia.

    15. Sou candidata, haverá apoio financeiro para as candidaturas feministas?

    Não. O financiamento coletivo da Campanha Meu Voto Será Feminista tem metas. A meta mínima cobre gastos com as ações de comunicação da Campanha: criação do site, redes sociais e produção dos vídeos. Caso a meta mínima de arrecadação seja ultrapassada, iremos em busca da segunda meta que garante a realização de cinco potentes intervenções urbanas durante os meses de junho e julho. Com o alcance da terceira, meta vamos fortalecer as mulheres candidatas, oferecendo a elas um "enxoval" que estamos chamando de toolkit, com orientações sobre jurídico, prestação de contas, mobilização e materiais diversos de comunicação, que poderão ser adaptados para cada campanha. Para saber mais, confira as metas aqui: https://benfeitoria.com/votofeminista.

     

    16. Sou candidata, como a campanha irá me ajudar e ser eleita?

    Antes de qualquer coisa, parabéns por estar disponível para mudar as estruturas do poder! A Campanha irá ajudar as candidatas prioritariamente no incentivo das mulheres no voto feminista, queremos levantar o debate sobre a participação das mulheres do poder, a busca por apoio para a mudança da cultura do ato de votar e do engajamento das mulheres como eleitoras e como apoiadora das candidatas. Num segundo, momento, se o financiamento coletivo atingir o segundo estágio (veja detalhes na pergunta 15), cinco potentes intervenções urbanas serão realizadas durante os meses de junho e julho para intensificar a visibilidade da importância do voto feminista. Na terceira etapa, as candidatas terão um "enxoval" digital, que estamos chamando de toolkit, com orientações sobre questões jurídico, prestação de contas, mobilização e materiais diversos de comunicação, que poderão ser adaptados para cada campanha. Além disso, o site possui um espaço para as candidaturas feministas apoiadas pela PartidA no Brasil inteiro.

     

    17. Essa campanha é de que grupo ou movimento?

    A campanha Meu Voto Será Feminista é uma campanha organizada e promovida pela PartidA, uma coletiva de mulheres feministas orientada à esquerda, que busca ocupar a política com, para e por mulheres feministas que pensam um projeto de democracia onde a garantia dos direitos das mulheres é prioridade, com justiça social, diálogo e combate inegociável a todas as formas de desigualdade e opressão. O movimento envolve movimentos sociais e está localizado em diversas cidades do país.

     

    18. Como a PartidA organizou a campanha?

    A partir do cenário de baixa representatividade das mulheres na política e de crise político institucional em constante agravamento no País, a PartidA pensou em criar um projeto que pudesse engajar mulheres e mudar a cultura de participação política das mulheres nestes eleições de 2018. A ideia virou um planejamento, debatido nacionalmente com as PartidAs de diversas cidades, e assim nasceu a campanha, com o apoio de muitas mulheres e parcerias institucionais. Um projeto coletivo, de muita entrega, e que está em permanente construção, por isso mesmo aberto a sugestões e parcerias!

    19. A partidA ganha algum dinheiro com isso?

    Não. A partidA não é um movimento com fins lucrativos. O financiamento coletivo da Campanha Meu Voto Será Feminista é destinado à divulgação da campanha, engajamento e ações de rua, além de produção de materiais no formato de cartilhas disponibilizadas na internet com orientação sobre questões jurídicas, de gestão e de de comunicação para as mulheres candidatas apoiadas pela campanha. A prestação de contas será integral e divulgada em todas as mídias da PartidA e da campanha.

     

    20. Como o dinheiro arrecadado pelo financiamento coletivo será usado

    O financiamento coletivo da Campanha Meu Voto Será Feminista tem metas:

    • 20 mil é a nossa meta mínima. Com ela produziremos todo o material de comunicação com o lançamento nacional de um site, teaser fotográfico, manifestA e quatro vídeos de engajamento. Lembramos que o projeto funciona como Tudo ou Nada, ou seja, se essa meta não for atingida, o projeto não acontece.
    • 40 mil é a segunda meta, que garante a produção de materiais para as intervenções urbanas (panfletos, lambes, cartazes). Os materiais serão distribuídos pelo Brasil em pelo menos cinco cidades onde a PartidA está presente.
    • 60 mil, última meta. Chegando nela, garantiremos a realização de um toolkit em formato de cartilhas para as mulheres candidatas nos temas: jurídico, prestação de contas, comunicação e mobilização Para saber mais, confira as metas aqui: https://benfeitoria.com/votofeminista

    21. O que são as PrincípiAs?

    As PrincípiAs são o alinhamento de um ideário de identidade e ideologia da PartidA. Elas norteiam as ações e o campo de visão do grupo e agregam temas diversos e que consideramos fundamentais. Um deles, que norteia os demais, é a nova forma de fazer política, viver em sociedade, uma nova forma de viver, tendo como horizonte uma vida digna e com igualdade de direitos. Confira aqui.

  • 22. Quais são as cidades envolvidas na Campanha?

    As cidades onde a PartidA está que aderiram a campanha são: Brasília, Belo Horizonte, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Jataí, Manaus, Salvador, São Paulo, Recife e Rio de Janeiro. Mas as adesões ainda não pararam de chegar e vamos incluindo aqui as novas cidades que aderirem.

    23. Como as PartidAs do Brasil podem ser identificadas no site da campanha?

    O site da Campanha Meu Voto Será Feminista traz todas as informações sobre as ações nas redes e ruas, além do cronograma de execução. A PartidA, como movimento que organiza a Campanha, estará presente em diversas espaços, tendo identificados os endereços de contato de cada PartidA e a partir de textos no blog, produzidos por mulheres do grupo, e vídeos da biblioteca. Confira os detalhes no site.

    24. Como outras iniciativas parecidas como a Bancada Feminista no Rio podem se inserir na campanha nacional?

    A Bancada Feminista, no Rio, assim como as Muitas, de Belo Horizonte, a experiência em Alto Paraíso de Goiás são projetos que consideramos revolucionários pois questionam a forma tradicional de fazer política para que ela possa ser ocupada por projetos coletivos, dialógicos e populares. A Campanha Meu Voto Será Feminista tem interesse em dialogar com esses projetos. Nosso foco primordial, no entanto, é apoio a mulheres feministas, em projetos solo ou coletivos, que levantem as bandeiras dos direitos das mulheres e da justiça social e que dialoguem com as PrincípiAs.

    25. Como a Campanha dialoga com os partidos políticos?

    A PartidA é suprapartidária e orientada ideologicamente à esquerda e se entende como um projeto político que é maior que os partidos institucionais. A Campanha Meu Voto Será Feminista, como projeto da PartidA, dialoga com os partidos políticos como caminho exigidos pelo sistema vigente para a ocupação de cargos/mandatos eletivos, nos Poderes Legislativo ou Executivo, nas esferas federal, estadual ou municipal. Infelizmente, apesar da legislação exigir dos partidos que valorizem e criem as condições financeiras e institucionais para que as mulheres estejam presentes no processo, sabemos que a realidade é outra, de muito sexismo e violência simbólica contra as mulheres. Nosso diálogo com os Partidos, assim, também passa pela pressão para o cumprimento da legislação e para a valorização da mulher na política, como protagonista de suas ideias e ações.

    26. É preciso ser filiada a algum partido para participar?

    Não. A filiação é condição necessária às mulheres que desejam ser candidatas por algum partido político. Para participar da PartidA ou da Campanha Meu Voto Será Feminista basta querer se engajar em alguma ação e contribuir com o projeto de mudar a lógica de fazer política a partir da ocupação da política por, para e com mulheres feministas. Vamos juntas?

    27. O TSE aprova a Campanha?

    Como a Campanha Meu Voto Será Feminista não é uma campanha eleitoral, não necessita da aprovação do Tribunal Superior Eleitoral. Mas, na terceira etapa do projeto, quando a Campanha apoiará formalmente candidatas feministas, seguiremos todas as regras exigidas pela legislação eleitoral, fiscalizada pelo TSE.

  • Você ainda tem alguma dúvida?

    Envie para a gente que em breve iremos te responder. Na sua mensagem, diga de qual cidade você é.

    All Posts
    ×