Voltar ao site

Existe lugar na política para todas as mulheres!

Por Daiane Dultra*

· artigos

Nunca se falou tanto sobre representatividade. Nunca se questionou tanto o fato de sermos a maioria da população e isso não ser refletido nos espaços de poder. Nunca foi tão urgente e tão presente o debate sobre nossa presença na política.

E quando a gente fala em política, a gente fala da lida do cotidiano, de interferir nas principais decisões que afetam a nossa vida. Aquela política que define o preço do pão, o valor dos impostos que a gente paga, a tarifa do ônibus, o acesso à água encanada, a qualidade do serviço público. É na política que se define os rumos do país. E a urgência, portanto, está em ver na participação política um espaço de oportunidades para a mudança, de reconfiguração da rota, de redistribuir o poder.

E política é um tema que toca especialmente as mulheres, consideradas as mais pobres entre os mais pobres do mundo. De acordo com a Oxfam, 75% das mulheres que vivem em regiões em desenvolvimento trabalham sem contrato formal e não possuem acesso à seguridade social. O pouco salário que recebem também não as permite sair da pobreza como um ciclo vicioso: quem tem dinheiro continua rico, quem não tem, não tem fôlego para mudar sua situação de vida. Por isso, não é uma questão menor o fato de sempre termos sido repelidas do processo eleitoral.

Quem tem a caneta, decide por nós. E nós, mulheres, ocupamos apenas um quarto dos Parlamentos do mundo. Precisamos ser mais!

Essa pandemia mostrou como a presença de lideranças femininas nos espaços de poder pode ser decisiva para uma resposta eficiente e qualificada em momentos de crise. Pensar nas pessoas, em como prover condições para que consigam reduzir os impactos negativos para atravessar essa crise, e colocar os interesses do capital abaixo da salvaguarda da vida.

Tem pouco tempo que nossas antepassadas conquistaram o direito ao sufrágio e, não por acaso, sentimos a reação violenta do machismo nesses espaços, uma continuidade do que vivenciamos em casa e nas ruas.

Acontece que nós acordamos e não conseguimos visualizar um futuro sem a nossa presença.

Então, sim, nós vamos continuar avançando. E estamos juntas nessa jornada.

Existe lugar na política para todas nós. Seja como candidatas e eleitas, seja dando apoio para elas, seja como eleitoras, seja fazendo ressoar a mensagem do voto em feministas.

Feministas porque precisamos de mulheres eleitas que se comprometam com a nossa agenda e que possibilitem radicalizar o acesso a direitos e contribuir para uma vida justa para todas as mulheres.

“As mulheres são como as águas que crescem quando se juntam”.

Essa é uma frase bastante usada no movimento feminista e que fala exatamente da nossa potência quando nos unimos. Pois que assim seja, que estejamos de mãos atadas com o objetivo de sermos mais nos parlamentos, nos judiciários, nas prefeituras, nos governos, nas presidências. Que possamos eleger líderes feministas que nos proporcione uma nova experiência de mundo.

Nessas eleições de 2020, vamos virar a mesa do poder e você é fundamental para isso.

Existe lugar para você na política:

Seja pré-candidata, faça parte do nosso mosaico.

Seja uma aliada e apoie uma candidatura feminista.
 

*Daiane Dultra, co-criadora do projeto-ação Meu Voto Será Feminista e articuladora de projetos de impacto.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK

...